Bicos Rotativos

Graças aos bicos rotativos - também conhecidos como bicos dançantes - conseguimos imprimir dinamismo à água e obter jogos aquáticos atraentes, ideais para serem utilizados tanto em fontes cibernéticas como em fontes musicais, onde o ritmo da música se funde com o movimento da água.

Com este tipo de bicos conseguimos dar “vida à água”, obtendo um efeito especialmente atraente à noite, e conseguindo preencher qualquer espaço arquitetônico quando iluminados.

Este tipo de bicos foi concebido para completar projetos de fontes ornamentais, onde se destaquem jogos aquáticos, sendo estes parte essencial de qualquer fonte musical ou dançante. Acreditamos, por isso, que não o deixarão indiferente e saberá como utilizá-los em fontes decorativas de interior ou então para complementar qualquer espaço urbano.

  • Hibiscus

  • bico rotativo Hibiscus
Hibiscus: O princípio técnico deste bico baseia-se no molinete hidráulico. Jatos de água inclinados criam um binário de forças (motor de rotação) que, transmitidos corretamente a um eixo, fazem girar a parte superior do bico. O jato central está mecanizado com graus de inclinação e ao girar a parte superior do bico provoca um cone de rotação.
  • Dancing

  • Bico rotativo Dancing
Dancing: Este bico rotativo baseia seu funcionamento, da mesma forma que o bico “Hibiscus”, no molinete hidráulico. Apenas com a pressão da água é criado um movimento de efeito contínuo, sem dispositivos mecânicos ou elétricos adicionais. Não existe deslocamento para criar este movimento da água. Movimento que faz lembrar a envolvente dança do ventre árabe.